Publicidade
Publicidade

Agricultura

Projeto ajuda aumentar em 30% a produtividade de soja em Goiás

A iniciativa atinge Goiânia, Brasília, Rio Verde, no interior goiano, e Campo Grande, em Mato Grosso do Sul

Bayer Projeto UAI - Divulgação

A iniciativa atinge Goiânia, Brasília, Rio Verde, no interior goiano, e Campo Grande, em Mato Grosso do Sul

Moacir Rodrigues

A máxima produtividade, sobretudo no terreno dos grãos, não só é possível como também pode ser altamente lucrativa. Especificamente em relação à soja, os números saltam aos olhos, com a produtividade aumentada em 30%, atingindo quase 100 sacas por hectare. Os números foram apresentados nesta segunda-feira, 19, durante evento na capital goiana, em reunião que contou com a participação de agrônomos ligados à União dos Agrônomos Independentes (UAI) e também à Bayer, coordenadora do projeto.

O UAI, que mantém parceria com o Comitê Estratégico Soja Brasil (Cesb), completa dois anos de execução e pela primeira vez apresenta o resultado das atividades realizadas em Goiás, Estado que já conta com 89 agricultores participantes. O foco do UAI é sugerir um novo jeito de fazer agricultura aos produtores, com manejo diferenciado.

“Antes, obtínhamos 53 sacas por hectare. Com o projeto, passamos a 79,8 sacas por hectare, sempre orientando o produtor em relação ao manejo, uso do solo e o trato cultural, além da variedade de defensivos para cada cultura”, diz o gerente de marketing regional da Bayer, Marcelo Junqueira.

O projeto ganhou a estrada desde a safra 2015/2016 e estimula a boa formação de solo e cuidados fitossanitários, além da apresentação de assuntos técnicos mais profundos que ajudem o produtor a buscar alta rentabilidade, com investimentos e o uso de novas tecnologias. Bastaram dois anos de atividade para que a produtividade em Goiás ganhasse novos contornos.

No escopo do UAI-GO estão incluídas três regiões: Goiânia (abrangendo também Brasília), Rio Verde (GO) e Campo Grande (MS). “Esta é a prova de que investir em capacitação e tecnologia pode aumentar a produtividade e alavancar a agricultura brasileira. Por isso, além de Goiás, a Bayer já leva o UAI para Tocantins, Pará e Mato Grosso do Sul e pretende expandir o projeto para outros Estados como Piauí e Bahia [no Matopiba], fomentando sabedoria aos agricultores interessados”, acrescenta Junqueira.

Portal Revista Safra, com informações da Bayer

Foto: Divulgação/Bayer

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>