Publicidade
Publicidade

Meio ambiente

Programa de proteção de nascentes é lançado em Goiás

Voltado à etapa hidrográfica do Rio Meia Ponte, manancial já bastante degradado, o plano prevê capacitação para os participantes, além de cadastro de todas as nascentes em um projeto a longo prazo

Proteção de nascentes Larissa Melo

Voltado à etapa hidrográfica do Rio Meia Ponte, manancial já bastante degradado, o plano prevê capacitação para os participantes, além de cadastro de todas as nascentes em um projeto a longo prazo

Moacir Rodrigues

Comemorado hoje, 5, o Dia do Meio Ambiente foi lembrado na Federação da Agricultura e Pecuária de Goiás (Faeg) com o lançamento do Programa Proteção de Nascentes. Voltado à etapa hidrográfica do Rio Meia Ponte, manancial já bastante degradado, o plano prevê capacitação para os participantes, além de cadastro de todas as nascentes em um projeto a longo prazo que deverá ser estendido às demais bacias do Estado.

“Teremos conteúdo específico direcionado à proteção do manancial e, ainda, métodos de conservação do solo e cuidados com as mudas”, diz a coordenadora-técnica do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural em Goiás (Senar Goiás) Sílvia Romano. Ela conversou, hoje pela manhã, com a Safra e deu detalhes do projeto. O intuito, assegura, é conhecer a realidade da bacia hidrográfica e, de modo mais abrangente, mapear quais e onde estão as nascentes de importantes mananciais goianos. Hoje, isso não pode ser detalhado e é impossível estimar o número delas.

O programa é uma iniciativa da Faeg, do Senar e ainda do recentemente lançado Instituto para o Fortalecimento da Agropecuária de Goiás (Ifag). A proposta é, também, apresentar intervenções para aquelas nascente que se encontram em estado de degradação. “Praticamente toda a bacia do Meia Ponte está muito degradada”, lembra Sílvia. Durante o lançamento, o presidente da Faeg, José Mário Schreiner, destacou que o intuito é conscientizar e garantir a preservação. “Estamos muito atentos ao desenvolvimento sustentável, qualidade de vida e conscientização sobre as boas práticas ambientais.” O programa terá o apoio de órgãos dedicados à causa ambiental, por meio de termo de cooperação.

Portal Revista Safra

Foto: Larissa Melo/Faeg

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>