Preço interno do café robusta cai para patamar de março de 2016

Segundo pesquisadores do Cepea, os preços da variedade têm sido pressionados pelas baixas nas cotações externas e pela menor demanda doméstica

Os preços do robusta estão em queda no mercado interno. Na parcial de outubro (até o dia 24), a média do Indicador Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea)/Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz” (Esalq) do robusta tipo 6 peneira 13, foi de R$ 385,11/saca de 60 quilos, patamar observado em março de 2016, em termos reais. Nessa terça-feira, 24, o Indicador fechou a R$ 372,86/saca de 60 quilos, queda de 1,35% em relação à terça anterior, 17. Segundo pesquisadores do Cepea, os preços da variedade têm sido pressionados pelas baixas nas cotações externas e pela menor demanda doméstica. Além disso, as indústrias brasileiras de torrefação estão com estoques mais confortáveis, mantendo-se afastadas do mercado.

No mercado de arábica, as negociações seguem em ritmo lento, devido ao recuo de agentes, que estão à espera das chuvas. Nessa terça-feira, 24, o Indicador Cepea/Esalq do arábica tipo 6 bebida dura para melhor, posto na capital paulista, fechou a R$ 443,15/saca de 60 quilos, elevação de 0,6% em relação à terça anterior, 17.

Cepea

Publicidade

Publicidade