Preço da melancia tem alta no atacado paulistano

Para os próximos sete dias, não há expectativa de grandes valorizações, por causa do aumento da oferta nas lavouras baianas e do menor ritmo de vendas, comum para o fim do mês

O quilo da melancia redonda média fechou a R$ 1,07, no dia 1º. Mesma cotação no dia seguinte. E, no dia 16, foi registrado o menor valor para o produto no atacado paulistano, R$ 1,05, passando a custar R$ 1,16, no dia 22. Com menor oferta, os preços da melancia registraram alta na Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais de São Paulo (Ceagesp), devido à redução do volume colhido no Sul do País, sobretudo de frutas graúdas.

Além disso, atacadistas conseguiram escoar os estoques da última semana. Vale lembrar, ainda, que as encomendas de Teixeira de Freitas (BA) foram minoria do abastecimento semanal, com prioridade às frutas do Sul. Para os próximos sete dias, não há expectativa de grandes valorizações, por causa do aumento da oferta nas lavouras baianas e do menor ritmo de vendas, comum para o fim do mês. As informações são do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada, da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz/USP – Universidade de São Paulo/HFBrasil (Cepea/Esalq/USP).

Portal Revista Safra, com informações do Cepea/USP

Publicidade

Publicidade