Arquivo/Vandréia de Paula

Plano ABC ganha destaque em evento sobre conservação do solo

A atuação de empresas, estratégias para inovações tecnológicas na agricultura, planos para a conservação do solo e os desafios para a produção sustentável foram debatidos no seminário

Por ocasião das comemorações referentes ao Dia Nacional da Conservação de Solo, o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) realizou nesta quinta-feira (12) um seminário sobre o tema, no Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). Intitulado Conservação de solo: Sustentabilidade na produção de alimentos e na segurança hídrica, o encontro reuniu especialistas da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura (FAO), da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) e empresários do setor.

O coordenador da implementação do Plano de Agricultura de Baixa Emissão de Carbono (ABC), Elvison Nunes Ramos, destacou a importância do Plano “como uma política pública que visa realmente ajudar o produtor rural nesse processo de conservação do solo e que disponibiliza uma linha de crédito para ajudar o produtor rural nessa mudança de um sistema menos conservador para um mais conservador”.

A atuação de empresas, estratégias para inovações tecnológicas na agricultura, planos para a conservação do solo e os desafios para a produção sustentável foram debatidos no seminário. Segundo o chefe da Divisão de Agricultura Conservacionista do Mapa, Maurício Carvalho de Oliveira, a conservação do solo é essencial para o Brasil, não só por sua importância para a agricultura no presente e no futuro, como também por seu papel na segurança alimentar nacional e mundial. “Temos que estabelecer uma política capaz de assegurar o desenvolvimento do setor agrícola e o equilíbrio ambiental, atendendo às necessidades das populações atuais, sem comprometer as gerações futuras”.

Oliveira ressalta ser crucial que o País continue ampliando o uso de tecnologias como o plantio direto, a integração Lavoura-Pecuária-Floresta (iLPF) e a recuperação de pastagens degradadas, todas previstas no Plano ABC para reforçar a conservação do solo, da água e dos recursos naturais. O Dia Nacional da Conservação do Solo é comemorado em 15 de abril, data regulamentada pela Lei 7.876 de 13 de novembro de 1989. A criação desta data foi uma iniciativa do Mapa.

Mapa

Publicidade

Publicidade