Publicidade
Publicidade

Meio ambiente

Parque Nacional de Jamanxin deve perder 862 hectares para a ferrovia Ferrogrão

A intenção do governo é compor, com a EF-170, um corredor de exportação de grãos unindo Sinop, em Mato Grosso, a Miritituba, no Pará

ferrovia- Sílvio Simões

A intenção do governo é compor, com a EF-170, um corredor de exportação de grãos unindo Sinop, em Mato Grosso, a Miritituba, no Pará

Mesmo após embates dos partidos da oposição, o Parque Nacional de Jamanxin, localizado nos municípios de Itaituba e Trairão, e a Área de Proteção Ambiental (APA) do Tapajós, localizada nos municípios de Itaituba, Jacareacanga, Novo Progresso e Trairão, devem perder 862 hectares (um hectare tem uma área equivalente à de um campo de futebol) para a passagem da Estrada de Ferro (EF) 170, também chamada de Ferrogrão, em fase de construção e próxima à BR-163, no Pará.

A intenção do governo é compor, com a EF-170, um corredor de exportação de grãos unindo Sinop, em Mato Grosso, a Miritituba, no Pará, para possibilitar o uso de portos da Bacia Amazônica e servir de alternativa ao transporte na BR-163. De acordo com o texto, após a construção da ferrovia, as áreas excluídas pela MP e que não forem efetivamente utilizadas serão reintegradas ao Parque Nacional do Jamanxim. O projeto aprovado prevê, ainda, que os imóveis rurais privados existentes no parque ficam declarados de utilidade pública para fins de desapropriação.

O documento foi apreciado após a aprovação da Medida Provisória (MP) 756/16, que alterou os limites da Floresta Nacional (Flona) do Jamaxin, na Amazônia. Com isso, o plenário da Câmara dos Deputados aprovou no final da noite ontem, 16, a nova alteração na área de proteção ambiental com a votação da MP 758/16. O texto-base foi aprovado depois das 23h e a votação dos destaques entrou na madrugada de hoje, 17, em razão da obstrução dos partidos de oposição, contrários a inclusão na medida de destaques alterando ainda mais as áreas de proteção. O projeto segue agora para votação no Senado.

Agência Brasil

Foto: Sílvio Simões

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>