Arquivo

Mataboi Alimentos encerra processo de recuperação judicial

A empresa, com unidades em MG e GO, ingressou com o pedido de recuperação há seis anos, após dificuldades de renegociação de suas dívidas com bancos e fornecedores

O Mataboi Alimentos, companhia de abate de bovinos e comércio de carnes,  com unidades em Araguari (MG) e Santa Fé de Goiás (GO), chega ao fim de seu processo de recuperação judicial. A empresa ingressou com o pedido de recuperação há seis anos, após dificuldades de renegociação de suas dívidas com bancos e fornecedores. Ao final de 2014, a JBJ Agropecuária adquiriu o Mataboi, assumindo uma dívida de R$ 480 milhões.

De acordo com diretor presidente do Mataboi, José Augusto de Carvalho Junior, o Mataboi vinha perdendo fôlego desde a aprovação da recuperação judicial. “Em 2014 houve uma entrada forte de capital, proveniente a créditos fiscais, mas não foi suficiente para que a empresa conseguisse enfrentar a situação que se deteriorava. A única solução que poderia viabilizar a continuidade da operação seria a venda de participação acionária, mas também muito difícil, pois pouca gente se aventurava a ser sucessor de tantos problemas”, explica.

Carvalho Junior conta ainda que além dos fornecedores restringirem o prazo de pagamento e os bancos não concederem empréstimos, o mais difícil em uma recuperação judicial é fazer frente às novas obrigações e ao mesmo tempo manter em dia o parcelamento das dívidas do passado.

Outro desafio enfrentando, já na nova gestão, foi em meados de 2016, quando um incêndio destruiu boa parte da unidade em Araguari, descapitalizando a empresa em mais de R$ 70 milhões e reduzindo seu faturamento na ordem de R$ 500 milhões naquele ano, segundo a companhia.

A empresa mantém em seu quadro 2.300 colaboradores. “A possibilidade do fechamento do Mataboi gerou uma grande comoção, tanto no momento do pedido da recuperação judicial, quanto na época do incêndio. Felizmente, conseguimos manter os empregos durante todo este período. Temos colaboradores que estão no Mataboi há anos, vários têm filhos e até netos na empresa. Graças à aquisição da JBJ, o Mataboi conseguiu se manter no mercado, preservar os empregos e se destacar no setor de processamento de carne,” afirma Carvalho Junior.

Mataboi Alimentos  

Publicidade

Publicidade