Arquivo/Vandréia de Paula

Liquidez é baixa e algodão em pluma se desvaloriza

Conforme colaboradores do Cepea, parte da indústria demonstrou interesse apenas por pequenas reposições de estoques, enquanto vendedores se voltaram ao cumprimento de contratos e embarque da pluma adquirida anteriormente

As negociações de algodão em pluma estão lentas no mercado doméstico, visto que alguns agentes se retraíram tanto do spot quanto de comercializações para embarques futuros. Conforme colaboradores do Centro de Estudos Avançados eme Economia Aplicada (Cepea), parte da indústria demonstrou interesse apenas por pequenas reposições de estoques, enquanto vendedores se voltaram ao cumprimento de contratos e embarque da pluma adquirida anteriormente. Enquanto cotonicultores permaneceram firmes nos preços pedidos, comerciantes e tradings foram mais flexíveis nos valores em alguns momentos.

Nesse cenário, o Indicador Cepea/Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz” (Esalq), com pagamento em oito dias, registrou queda de 0,29% entre 10 e 17 de outubro, fechando a R$ 2,3834/libra-peso nessa terça-feira, 17.

Cepea 

Publicidade

Publicidade