Frango vivo tem desvalorização de quase 27% em abril

Em abril as cotações registram o decréscimo mais significativo do ano

As cotações do frango vivo e da carne têm registrado quedas desde o início deste ano, de acordo com levantamentos do Centro de Estudos Avançados de Economia Aplicada (Cepea). Com a oferta de animal vivo ainda acima da demanda, as cotações registraram, em abril, as desvalorizações mais expressivas do ano.

No estado de São Paulo, por exemplo, o preço pago pelo animal foi de R$ 1,85 por quilo no dia 30, acumulando queda de 26,8% no mês. No segmento de carnes e de cortes, o comportamento dos preços também foi de queda em todas as regiões pesquisadas pelo Cepea.

Cepea

Publicidade

Publicidade