Arquivo/Secretaria de Agricultura de São Paulo

Cotação do café arábica tem variação negativa de 2,43%

A maior variação, no acumulado parcial do mês, foi negativa de 2,43%, com o produto sendo cotado a R$ 433,39 na terça-feira, 20

A saca de 60 quilos do café arábica foi cotada no dia 14, em moeda norte-americana, a 137,09, despencando para US$ 133,23, no dia 20. A maior variação, no acumulado parcial do mês, foi negativa de 2,43%, com o produto sendo cotado a R$ 433,39 na terça-feira, 20. Desde o dia 14, o indicador do arábica tipo 6, bebida dura para melhor, posto na capital paulista, recuou 2,13% (R$ 9,42 por saca). O cenário aponta baixa liquidez interna, uma vez que compradores e vendedores se afastaram do mercado.

Os preços internos do café arábica estão em queda desde o final de 2017, pressionados pela perspectiva de uma safra 2018/2019 volumosa no Brasil. Nos últimos dias, no entanto, as quedas nas cotações externas e a desvalorização do dólar intensificaram o movimento de baixa dos preços domésticos. Os dados são do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada, da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz/Universidade de São Paulo (USP).

Portal Revista Safra, com informações do Cepea/USP

Publicidade

Publicidade