Nesta segunda quinzena de janeiro, na região de SP-5, que agrega os municípios de Bragança Paulista, Campinas, Piracicaba, São Paulo e Sorocaba, o preço do animal vivo recuou 4,4%, de 10 a 17 de janeiro, passando a R$ 3,83, o quilo, na quarta-feira, 17

A maior cotação foi registrada no dia 10, sendo vendida a arroba a R$ 148,70, com variação positiva de 1,50% (diária) e 1,85%, mensal. A arroba custou, em dólar, 46,07 no dia analisado

Passada a produção elevada de 2017/2018, as primeiras impressões são de que a safra 2018/2019 de citros pode ser novamente de oferta controlada no Estado de São Paulo e no Triângulo Mineiro

Quanto ao cenário doméstico, esperam-se recuperação da economia e retomada do crescimento, pautadas na diminuição da taxa de juros, no controle da inflação, na relativa estabilidade do câmbio, na redução do índice de desemprego e na melhoria do Produto Interno Bruto (PIB)

Publicidade

Publicidade