Publicidade

Mercados

BRF e Minerva assinam acordo para transferência de ativos e abate de bovino

A operação ainda sujeita a aprovação do Conselho Administrativo de Defesa Econômica

A BRF assinou o

img_grupo_grande

A operação ainda sujeita a aprovação do Conselho Administrativo de Defesa Econômica

A BRF assinou o

ntem (01) acordo de investimento que estabelece os termos para a transferência de sua operação de bovinos à Minerva, em troca de participação acionária naquela empresa.

Pelo documento, a BRF repassará seus ativos de abate das plantas de Várzea Grande e Mirassol, no Mato Grosso, bem como os funcionários envolvidos nas referidas atividades para uma sociedade de capital fechado, a Newco Divisão de Bovinos, que será incorporada à Minerva.

A operação proporcionará aumento do capital social da Minerva e, após consumada, a Newco Divisão de Bovinos se tornará subsidiária integral daquela empresa. A BRF passará a deter R$29 milhões de ações da Minerva, volume esse que no fechamento da operação equivalerá a 16,8% do capital social total e votante da Minerva e chegará a 15,2% até 2015, quando da conversão das debêntures emitidas pela Minerva.

As plantas de Várzea Grande e Mirassol tem capacidade para abater 2, 6 mil cabeças de gado por dia. “Esse acordo é mais um avanço em nossa estratégia de priorizar cada vez mais a parte da frente da cadeia, com foco no cliente e na inovação”, afirma o presidente da BRF, Cláudio Galeazzi.

Sem sair do negócio, a BRF desverticaliza a cadeia, deixando a gestão de abate aos cuidados de uma empresa especialista, a Minerva. Ao mesmo tempo, reforça sua atuação nos segmentos de food services e alimentos processados de carne bovina.

A Minerva é uma das líderes, na América do Sul, na produção e comercialização de carne in natura, gado vivo e seus derivados. O negócio trará importantes vantagens competitivas à BRF, tais como: liberação de recursos para atividades estratégicas com melhor remuneração do capital; foco na gestão de atividades de maior valor agregado; otimização do mix de vendas, sem necessidade de liquidação do animal completo; garantia de fornecimento com contrato de longo prazo para matéria-prima de produtos processados; e participação na captura do aumento de eficiência operacional com posição acionária na empresa Minerva.

“Este negócio permite liberar capital empregado tanto fixo como de giro dentro da estratégia de concentrar recursos e esforços em atividades ligadas à marca, distribuição e desenvolvimento de mercados. A BRF reduz aproximadamente R$ 170 milhões em ativos biológicos (boi vivo) em até 10 meses. Tais ativos não fazem parte desta operação e serão vendidos a mercado.”, destaca Leopoldo Saboya, vice-presidente de Finanças, Administração e Relações com Investidores.

O acordo está sujeito a aprovação por parte do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade). As administrações da BRF e da Minerva iniciarão um processo de organização para a transição de ativos ocorra de forma organizada sem impactos às linhas à operação.

Máquina Public Relations

Foto: Minerva/Divulgação

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>