Agroindústria cresce 0,4% no primeiro semestre de 2013

As maiores altas foram verificadas nos derivados da cana (26,9%) e da laranja (22,9%)

Após queda de 6% no primeiro trimestre de 2013, em relação ao mesmo período de 2012, a agroindústria brasileira cresceu 5,9% no segundo trimestre, na mesma base de comparação.

Os números, divulgados hoje (8) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), mostram que o setor cresceu 0,4% no semestre, enquanto, na primeira metade do ano passado, foi registrada queda de 4%.

Pesou positivamente para o resultado o desempenho dos setores vinculados à agricultura, que têm maior peso, e registraram alta de 0,8%. As maiores altas foram nos derivados da cana (26,9%) e da laranja (22,9%).

Houve queda nos setores associados à pecuária (0,7%) e nos grupos inseticidas, herbicidas e outros defensivos agropecuários (0,8%). O setor de desdobramento da madeira cresceu 7,6% no semestre.

O crescimento da agroindústria, no entanto, ficou abaixo da indústria geral, que avançou 1,9% nos seis primeiros meses de 2013. De acordo com o IBGE, a variação semestral da agroindústria se deve principalmente à recuperação na agricultura e na pecuária no segundo trimestre.

Agência Brasil

Publicidade

Publicidade